Sob a ótica do instrumento físico, as dores são sinais captados pelo sistema nervoso, que indicam enfermidades ou disfunções patológicas. Por outro lado, as dores emocionais apontam-nos as enfermidades registradas em nossa matéria sutil, nas camadas envoltórias do espírito.
Caros irmãos, quantas vezes passamos por situações dolorosas, que nos sugestionam a praguejar ou lamuriar pelos acontecimentos? Tornamo-nos refratários às sensações dolorosas, desejando passá-las rapidamente na busca do retorno ao estado natural e comum do conforto.
No entanto, meus irmãos, é necessário compreendermos o sentido da dor. É preciso enxergá-la como instrumento reparador, educativo, propulsor da reflexão para o aprimoramento evolutivo do espírito.
Assim como as dores físicas alertam para a percepção do sofrimento físico na busca do reparo, as dores emocionais também nos convidam à observação quanto ao desequilíbrio energético causado pelas nossas escolhas e ações.
Necessitamos, com a ajuda médica, dos medicamentos que atuam no reequilíbrio físico; da mesma maneira, necessitamos das boas vibrações para o reequilíbrio emocional.
Há uma infinidade de maneiras de alcançarmos o reequilíbrio do corpo e do espírito, mas todas essas passam pela busca ativa dos indivíduos pelo reparo das dores. Primordial exercitarmos a escuta e autopercepção para que possamos compreender o fator desencadeador delas. Se observarmos atentamente, compreenderemos que essas dores
partem de raízes que se estruturam a partir dos nossos medos, rancores e imperfeições. Essas estruturas precisam ser modificadas pela compreensão e raciocínio, postas em prática, em restauro nas nossas ações.
Buscai observar o que está por detrás das vossas dores. Percebei-as com atenção. Quais práticas ou ações poderiam ser melhor elaboradas para a regeneração vibracional capaz de atenuá-las ou removê-las?
Ao compreenderdes as próprias dores, cada um de vós estareis mais sensível a entender a dor do outro e, por conseguinte, ir em seu socorro.
O Mestre Jesus, por ser um Espírito de amplo conhecimento e evolução, é capaz de enxergar nossas dores, atuando de forma precisa e eficaz para o nosso restabelecimento. Que tenhamos no Mestre a inspiração para atuarmos, assim, em benefício comum.

Estejais em paz.
Um Espírito Amigo.